O QUE FAZEMOS

Atualmente nossas ações se concentram em Buuri, distrito do interior do Quênia, onde cerca da metade da população vive abaixo da linha da pobreza e onde não existe ensino verdadeiramente gratuito.

Por lei, somente o ensino primário (ensino fundamental) é oferecido gratuitamente. Na prática, no entanto, isto não acontece: falta dinheiro para pagar os professores nas escolas e as famílias acabam tendo que arcar com estes salários e outras taxas escolares. O ensino secundário (ensino médio), por sua vez, é inteiramente pago, até mesmo na rede pública. As crianças que não possuem condições financeiras para pagar por suas taxas escolares são privadas do acesso à educação.

Além disso, parcela expressiva da população não tem acesso a saneamento básico, tratamento médico ou alimentação regular e vive em condições precárias, o que prejudica ainda mais a qualidade do ensino e perpetua o ciclo da pobreza através das gerações.

PORQUE NO QUÊNIA?

Trabalhamos no Quênia atualmente pois identificamos que além da extrema vulnerabilidade da população local e da falta de recursos e investimentos no desenvolvimento da região, podíamos gerar grandes mudanças com uma quantia razoavelmente pequena de dinheiro (especialmente se compararmos com outros lugares, como o Brasil, onde há muitos impostos e muita burocracia).

Com R$20, por exemplo, garantimos 1 mês inteiro de refeições e estudo para uma criança na escola primária ou o salário de um professor por 2 dias. 

​ESCOLA PRIMÁRIA SUSTENTÁVEL

ENDELEVU - MUGAE

Este programa é o coração da Endeleza! Identificamos um potencial produtivo na Escola Primária de Mugae, a agricultura, e transformamos isso em fonte de renda sustentável para todos os nossos projetos.

A partir do plantio de cebolas (sim, cebolas!) em uma parcela do terreno da escola, conseguimos gerar renda suficiente para garantir alimentação e educação gratuita aos 220 alunos da escola, além de obter recursos para investir em melhorias dentro da escola, iniciativas com a comunidade e custear nossos demais programas em outras escolas e regiões. 

MABADILIKO

Este programa, que significa transformação em swahili, é desenvolvido no Centro de Desenvolvimento Endeleza – CDE,  um centro próprio da Endeleza localizado em Kaithé, que abriga diversos de nossos projetos. Entenda melhor o que fazemos: 

UJANA

Significa juventude em swahili e tem como foco o Ensino secundário. É desenvolvido nas escolas Kisima, Ruiri e Kiirua Secondary Schools.